sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Homo Zappiens, educando na era digital "Wim Veen e Ben Vrakking

Penso que este livro foi de grande importância para a compreenção da utilização das técnologias educacionais, Então deixo um breve registro, pra quem acompanhar nosso blog, também saber deste livro.
Esta obra aborda de forma positiva e crítica as novas tecnologias, com uma visão de tempo e espaço, sem deixar de lado o fator principal destas mudanças, “a humanidade”. O livro “Homo Zappiens” destaca momentos de mudanças e transformações em nossas sociedades, onde atribui a maior ou a mais marcada mudança a partir dos anos 80, com o nascimento da geração digitalizada. Através de longos estudos e pesquisas os autores conseguiram nos disponibilizar dados significativos para uma melhor aceitação e utilização dos ciberespaços, que nas últimas décadas vem crescendo no mundo todo. A tecnologia foi se transformando rapidamente conforme as necessidades das pessoas, as modificações mecânicas e estruturais foram conquistando mercado e suprimindo o sistema analógico. Segundo os autores, as crianças e adolescentes tem uma forte necessidade de superação, uma curiosidade intensa e uma vontade de estar em constante desafio e desafiando alguém, sendo estas as principais vantagens do homo zappiens para os imigrantes digitais. “O que as escolas poderiam fazer? Ao reconhecer as habilidades e as estratégias de aprendizagem que o homo zappiens está desenvolvendo principalmente fora da escola, as instituições de ensino poderiam responder de acordo com as necessidades desses novos clientes.” Esta leitura conduz a uma reflexão a respeito da necessidade de nos adequarmos a esta nova realidade e nos deixa com a vontade de realmente ir em busca de novas maneiras de utilizar as tecnologias principalmente os jogos, a favor da educação e aprendizagem, para ministrar os acontecimentos cronológicos e competitivos que sofremos a cada instante.


Luciane Dominguez

Nenhum comentário:

Postar um comentário